fiacao-exposta-no-chuveiro

 

Como está a instalação do seu chuveiro?

Fios soltos e unidos apenas com fita isolante, aterramento realizado de forma incorreta, fios cruzando entre si e encostando nos canos. Comum em casas de pouco uso – como casas de campo ou praia – ou de construção precária, esse tipo de instalação é um grande risco para todos aqueles que precisam utilizar o chuveiro.

Com as dicas abaixo, você verá quais pontos são os mais perigosos e que deve ser corrigido o mais rápido possível.

 

Os perigos de um chuveiro mal instalado

Em primeiro lugar, o aterramento incorreto transforma o chuveiro em uma bomba-relógio. É apenas questão de tempo para um acidente ocorrer. Para evitar, é necessário que o chuveiro esteja aterrado adequadamente, com o fio-terra realizando a ligação.

Também é importante prestar atenção em como é feito o isolamento e a união dos fios restantes. Uma opção muito comum é utilização do conector de porcelana, mais resistente ao calor, já que os fios do chuveiro podem aquecer e derreter conexões realizadas apenas com fita isolante. Todavia, se mal apertado os parafusos ou houver oxidação entre eles, pode haver fuga de energia e os fios começarem a esquentar e derreter.

Fazer o isolamento dos fios com fita isolante é uma boa opção, com tanto que seja devidamente isolado e separados entre sim. Fazer o isolamento individual e posteriormente unir os fios em um único isolamento não é aconselhável, pois se derreter a fita isolante os fios podem encostar um no outro e queimar o chuveiro ou até um risco maior de pegar fogo na fiação.

Sempre fique atento para a presença do Dispositivo DR, dentro do quadro elétrico. É importantíssimo que ele esteja funcionando corretamente para evitar os riscos de choque elétrico.

 

Recomendações

Seu chuveiro está feito as ligações com qualquer tipo de fita que não seja isolante? Você toma pequenos choques ao encostar no registro? Chame com urgência um eletricista em Jaraguá do Sul para revisar e corrigir a sua instalação. Só assim você garante uma casa mais segura.

     

Fonte: Casa Segura

     

Gostou? Compartilhe!
(Este conteúdo foi visitado 678 vez(es) | 1 visita(s) hoje)
Você também pode ser interessar por:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>